Real Madrid: A louca lista de compras de Mourinho


Real Madrid: A louca lista de compras de Mourinho
José Mourinho vai ser o próximo treinador do Real Madrid e o mundo do futebol está em "pulgas" para saber quais vão ser os reforços do clube de Cristiano Ronaldo para a próxima temporada.




Em Inglaterra o tablóide The Sun não poupa na lista de compras do "Special One" e aponta os nomes de Didier Drogba e Frank Lampard, jogadores que o português treinou no Chelsea, mas ainda cita Wayne Rooney (Manchester United), Fernando Torres (Liverpool), Steven Gerrard (Liverpool), Emmanuel Adebayor (Manchester City) e Robin van Persie (Arsenal).

No também inglês Daily Mail noticia-se que Ashley Cole, outro atleta que Mourinho orientou no Chelsea, é a grande prioridade do treinador português. O passe do lateral dos Blues poderá custar 29 milhões de euros.

David Silva, avançado do Valência, é o reforço de que se fala na Rádio espanhola Cadena Ser que noticia que o Real Madrid se colocou em contacto com o clube rival no sentido de contratar o jogador. Na semana passada anunciou-se que o Barcelona teria oferecido 40 milhões de euros pelo passe de Silva.

Maicon, do Inter, é outra peça em cima do tabuleiro das especulações, e o internacional brasileiro já disse que «se Mourinho [o] quiser no Real» só falta saber se o presidente do Inter «está de acordo», mostrando interesse na transferência.

Por cá já se falou em David Luiz, Di María e Fábio Coentrão, jogadores do Benfica campeão nacional.

Uma louca lista de compras que Florentino Pérez deverá alimentar colocando ao dispôr do treinador português cerca de 115,8 milhões de euros, conforme dados avançados em Espanha. Dinheiro parece não faltar ao emblema que no Verão passado pagou 94 milhões de euros ao Manchester United por Cristiano Ronaldo.

O empresário Jorge Mendes, que representa Mourinho, esteve reunido com Jorge Valdano, director-desportivo do Real Madrid, nesta segunda-feira de manhã e já terá chegado a acordo para um contrato de quatro temporadas por 10 milhões de euros por época, segundo adianta o jornal Marca. A adicionar a este milionário montante é preciso ter em conta a cláusula de rescisão de Mourinho que tem contrato com o Inter até 2012. E a "chicotada" ao técnico Manuel Pellegrini também terá os seus custos, já que o chileno não deverá abdicar dos direitos económicos que tem por mais um ano de contrato com o clube.


Notícias: Internacional