"4-0? Se há equipa que consegue dar a volta, somos nós"

Luis Suárez tem noção da dificuldade da tarefa do Barcelona: "Seria um golpe a nível mundial".

"O mais duro foram os primeiros dias. Uma derrota que nos magoou". Luis Suárez não escondeu que, para os elementos do Barcelona, foi complicado digerir a goleada sofrida em França diante do Paris Saint-Germain por 4-0, na primeira "mão" dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

Nesta quarta-feira as duas equipas reencontram-se na Catalunha e dar a volta a eliminatória seria "um golpe a nível mundial", disse o avançado.

"Temos que ser pacientes, não jogar de forma desesperada. Há que ser ambicioso mas jogar com o tempo. Que a equipa e os adeptos tenham paciência. Sabemos que é difícil dar a volta mas, se há uma equipa capaz de o conseguir, somos nós", comentou o uruguaio em conferência de imprensa.

Luis Suárez afirmou também que, se o Barcelona conseguir a qualificação, este jogo será o mais especial da sua carreira.

Notícias: Liga dos Campeões