Pinto da Costa: "Equipa em Paris não será a mesma de Braga"

Presidente do FC Porto viajou pela primeira vez com a equipa na presente edição da Liga dos Campeões

Pela primeira vez na atual temporada, Pinto da Costa viajou com a comitiva do FC Porto para um jogo fora de casa na Liga dos Campeões.

"Estive proibido durante três meses de viajar com a equipa, decidi antecipar o regresso em um dia, os três meses acabam amanhã", disse o dirigente à chegada a Paris esta manhã.

Para o duelo com o Paris Saint-Germain, Pinto da Costa afirmou que é "importante ganhar, até pelos muitos portugueses que vivem aqui em Paris. O stress não é tão grande, mas continua a ser importante vencer".

O presidente do FC Porto confessou que está "naturalmente triste" com a derrota contra o Sporting de Braga, na Taça de Portugal, mas agora o contexto e os jogadores serão outros.

"Essa derrota nada tem a ver com este jogo, até porque não será a mesma equipa que vai jogar. Se fossem os mesmos jogadores, ainda poderia influenciar; assim esse resultado não teve a mínima influência nos atletas que vão jogar", assegurou.

Já apurado para os oitavos de final da Liga dos Campeões, Pinto da Costa não tem preferência pelo adversário na próxima fase, até porque "qualquer equipa que passe é complicada; às vezes quem parece mais fraco torna-se no adversário mais complicado".

Questionado sobre a possibilidade de defrontar o Real Madrid, Pinto da Costa lembrou que esse cenário não é uma garantia: "Não sei se o Real será possível adversário ou não. Seria um bom sinal, mas ninguém pode garantir isso. Não estou preocupado com o sorteio, o importante é estar no sorteio".

 

Notícias: Liga dos Campeões