UEFA analisa incidente com laser em Cristiano Ronaldo


UEFA analisa incidente com laser em Cristiano Ronaldo
A UEFA vai averiguar as suspeitas lançadas pelo Manchester United que se queixou de que Cristiano Ronaldo foi atingido por um feixe de laser durante o jogo dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões contra o Lyon. O internacional português, que até não esteve em noite inspirada, terá sido alvo da brincadeira durante o aquecimento da equipa e durante o próprio jogo. Em causa pode estar um eventual mau comportamento dos adeptos do Lyon.



Um porta-voz da UEFA salienta no sítio da Internet da BBC que se se confirmar o uso do laser, o caso «será interpretado como mau comportamento dos adeptos». O Lyon poderá assim vir a ser sancionado pela "gracinha" de um seu provável adepto.

Qualquer tomada de decisão terá sempre em conta os relatórios dos delegados de jogo e do árbitro Luis Medina Cantalejo, mas a estrutura pode ainda recorrer às imagens televisivas do encontro.

No jornal inglês The Sun exibe-se uma fotografia do internacional português que terá sido tirada no exacto momento em que o laser atingiu o rosto do jogador.


Foto: Lusa


Notícias: Liga dos Campeões