Vítor Pereira: "Expulsão do Fucile não pode acontecer"

Treinador do FC Porto reconheceu que atitude do lateral uruguaio facilitou a tarefa do Zenit.

Vítor Pereira era um treinador desolado na entrevista rápida à Sport TV, no final da derrota com o Zenit. E, à semelhança de Hulk, salientou que a expulsão de Fucile deitou tudo a perder.

"O lance da expulsão do Fucile é um lance que não pode acontecer", atirou o técnico, visivelmente zangado.

"Enquanto estivemos 11 contra 11, o FC Porto foi uma equipa equilibrada e capaz de discutir o jogo. Entrámos melhor e até conseguimos a vantagem. Mas com um a menos tudo se complicou. Deixámos de poder pressionar como gostamos e o adversário passou a controlar o encontro", realçou.

Após o intervalo, tudo se complicou, reconheceu. “Na segunda parte, com espaço, o Zenit aproveitou todas as nossas perdas de bola para sair em transições rápidas. Tivemos de adaptar o Fernando a lateral direito e, apesar do empenho dos jogadores, não foi possível conseguir um empate. Mas isto foi só um jogo, continuamos a ter como objetivo seguir em frente na Liga dos Campeões", considerou.

Notícias: Liga dos Campeões