Domingos: Sporting tem alternativas capazes

O treinador dos "leões" confia nos jogadores que vão entrar para o lugar dos lesionados Rodríguez e

O Sporting está na frente do Grupo D, com algum conforto, vai defrontar um conjunto teoricamente mais fraco, mas Domingos Paciência avisa: o Vaslui é uma equipa com valor.

"O adversário não é fácil. Em nove jogos perdeu apenas um, é uma equipa com valor", comentou o treinador do Sporting em conferência de imprensa.

O técnico português tem noção da importância deste desafio para as contas do apuramento ficarem já facilitadas: "Sabemos que o jogo é importante porque nos permite dar um passo grande no sentido de garantir o nosso objetivo que é passar a fase de grupos. A equipa está com os níveis de confiança altos e queremos uma equipa forte, que começa a ganhar identidade e, a jogar em casa, podemos ganhar".

Após sete vitórias consecutivas, uma "sequência boa" segundo palavras de Domingos, o objetivo não é superar a marca de dez triunfos seguidos, conseguidos por Paulo Bento: "Não lutamos para bater recordes mas para conseguir os objetivos definidos no início da época. A equipa está a ganhar confiança e isso tem consequências no rendimento da equipa. Queremos dar continuidade no jogo de amanhã, queremos passar à fase seguinte da Liga Europa e vamos estar focados na vitória. Esta é uma equipa ambiciosa e quer ganhar sempre".

"Temos jogadores capazes"

Nos convocados não constam os dois defesas que têm composto habitualmente a dupla de centrais: Alberto Rodríguez e Oguchi Onyewu.

Domingos lamenta os jogadores que estão afastados por lesão, referindo nomes como Izmailov e Jeffrén, mas confia nas alternativas: "Não estou preocupado, pois temos jogadores perfeitamente capazes de substituir aqueles que estão lesionados".

"As lesões fazem parte do futebol, infelizmente. Mas há sempre outros jogadores, que sabem perfeitamente como a equipa joga e como defendemos. Por isso, há no início da época uma preocupação da minha parte em integrar jogadores jovens no início da época, no sentido de estarem identificados com aquilo que fazemos, como acontece agora com Ilori", disse Domingos.

Notícias: Liga Europa