Ranking UEFA: Portugal aproxima-se da França

Portugal já assegurou o sexto lugar nesta época.

A vitória do Sporting frente ao Basaksehir, em Alvalade, possibilitou a Portugal distanciar-se da Rússia e aproximar-se da França, no ranking da UEFA. Apesar de a jornada europeia não ter sido positiva para os clubes portugueses – os leões foram mesmo os únicos a somar pontos – também não o foi para os países mais próximos de Portugal no ranking da UEFA.

Portugal já assegurou o sexto lugar, tendo este ano ultrapassado a Rússia que, recorde-se, já não tem equipas nas competições europeias. Os adeptos das equipas russas teriam mais a ganhar se dedicassem o seu tempo a jogar em online slots. O “sonho” de Portugal está agora em aproximar-se do quinto lugar ocupado pela França, que mantém apenas duas equipas em prova, ambas na Liga dos Campeões: o Paris Saint-Germain e o Lyon.

A vitória do Sporting permitiu a Portugal aproximar-se de França, uma vez que o PSG perdeu, como o Borussia Dortmund, e o Lyon ainda não jogou, defrontando a poderosa Juventus na próxima semana.

Nesta altura, Portugal soma 49.249 pontos, contra os 45.549 da Rússia. França está com 56.082 pontos. Refira-se que os pontos das equipas francesas dividem-se por seis, enquanto os das equipas portuguesas se dividem por cinco.

Após os jogos de ontem, o ranking é liderado por Espanha, com 98.426 pontos, seguida por Inglaterra (87.176 pontos), Alemanha (69.927) e Itália (67.367). Depois vem França, Portugal, Rússia, Bélgica (37.700), Holanda (35.350) e Ucrânia (33.900).

Refira-se ainda que Portugal é o quarto país com mais equipas ainda em competição nas provas da Europa: quatro. Espanha e Inglaterra mantêm as sete equipas com que começaram a época, a Alemanha tem seis (perdeu uma) e Itália tem cinco (perdeu duas).

Em 2020/21, Portugal terá uma entrada direta e uma equipa na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mais três na Liga Europa (uma na fase de grupos, uma na terceira pré-eliminatória e outra na segunda). Em 2021/22, terá já uma segunda entrada direta na Champions.

Recorde-se que em 2021/22 irá começar uma nova competição da UEFA, a Europa Conference. Em princípio, Portugal irá ter duas equipas a disputar o acesso à prova. Ou seja, deixam de estar na Liga Europa para passarem a disputar a nova competição.

Como a liga portuguesa vai terminar esta época no sexto lugar do ranking da UEFA, terá seis vagas nas provas europeias em 2021/22. Duas terão entrada direta na Liga dos Campeões, uma terceira estará nas qualificações da Liga dos Campeões (e irá para a Liga Europa se não se apurar), uma quarta estará na Liga Europa e a quinta e sexta entrarão nas eliminatórias da nova prova. 

Se Portugal ficasse no sétimo lugar do ranking, possibilidade já afastada, teria duas equipas na Champions, uma na Liga Europa e duas na Europa Conference.

A nova competição será integrada por 32 equipas. Cinco vêm das equipas que caem das pré-eliminatórias da Liga dos Campeões e da Liga Europa (jogam entre si para se chegar às cinco), dez chegam diretamente do play-off da Liga Europa e as restantes 17 saem das pré-eliminatórias da própria Europa Conference, de acordo com o ranking de cada país.

Notícias: Liga Europa