Briguel: "Marítimo não é surpresa... Sempre acreditámos!"

Exclusivo: Em entrevista ao Relvado, o capitão do clube madeirense diz que o campeonato realizado pe

O Marítimo tem sido a grande sensação no campeonato português, ocupando o quarto lugar, a apenas dois pontos do Sporting e três de FC Porto e Benfica. Em entrevista ao Relvado, Briguel, capitão do Marítimo e totalista no campeonato, fala da magnífica campanha do clube madeirense na prova, revelando que o grupo não está nada surpreendido.

"O Marítimo é a surpresa do campeonato? Não... Para nós não, sempre acreditámos muito no nosso trabalho! Aliás, o nosso discurso desde o início da época tem sido sempre mostrando ambição de chegar a um lugar que dê acesso à Liga Europa. A última vitória com a Académica foi muito importante, pois permitiu-nos ficar com 8 pontos de avanço sobre Olhanense e Académica", sublinha.

Briguel avisa que apontar a algo mais do que a Liga Europa não é realista. "Tentar a qualificação para a Liga dos Campeões? Não, isso é conversa para os adeptos, que podem estar eufóricos com estes bons resultados. Nós, os jogadores, temos os pés bem assentes no chão", garante.

O feito do Marítimo é ainda mais digno de realce tendo em conta que no início da temporada saíram três dos jogadores mais importantes na época passada: o guarda-redes Marcelo Boeck, para o Sporting, e o médio ala Djalma e o avançado Kléber, para o FC Porto.

"É verdade, perdemos grandes jogadores, mas ficámos mais fortes, formando um grupo sem estrelas. Vieram dois miúdos da formação muito bons, o Sami e o Ruben Ferreira. De resto, esta aposta do Marítimo na formação é bastante acertada. Foi o único clube que nunca terminou com as equipas B e continua a colher os louros", enaltece.

A vitória por 3-2 em Alvalade foi o ponto mais alto do Marítimo esta época, pelo menos em termos mediáticos. Mas Briguel não dá especial relevância a essa noite no final de agosto. "Claro que foi importante, mas realizámos uma grande pré-temporada e sempre estivemos muito confiantes", frisa.

Os dois próximos jogos são testes de fogo para o Marítimo: primeiro, uma curta viagem à Choupana para defrontar o rival Nacional; depois, a receção ao Benfica. Mas Briguel não se mostra ansioso. "O campeonato agora vai parar durante duas semanas, só mais perto dos jogos é que iremos pensar neles... Se me dá gozo ver o Nacional em baixo? (risos) Não, não, essa é uma questão mais para os adeptos, até porque hoje em dia o Nacional tem poucos madeirenses no plantel e a rivalidade não é tão intensa como antigamente", realça.

 

Fiel ao Marítimo

Briguel só conheceu dois clubes desde que aos 7 anos começou a jogar futebol: o Marítimo e o Camacha, mas este último apenas durante seis meses, quando era o clube satélite do primeiro. E aos 32 anos não se mostra arrependido de ter sido tão fiel.

"Ao longo da minha carreira, cheguei a ter conversações com outros clubes, mas nunca chegaram a bom porto. E também entendi que devia retribuir tudo o que o Marítimo fez por mim".

Briguel é titular indiscutível no clube madeirense, tendo cumprido a totalidade dos 900 minutos deste campeonato. Apesar de já não ser propriamente um jovem (32 anos), diz que não há qualquer segredo. "Tenho orgulho na minha carreira e se hoje em dia vivo um bom momento, é fruto do meu trabalho e da confiança e da aposta de um treinador", diz.

E por falar em treinador, como é que o capitão olha para Pedro Martins? "É um jovem técnico que terá um grande futuro pela frente. Tem um enorme potencial e, como já foi jogador, percebe o que vai na nossa cabeça e qual a melhor forma para gerir um grupo com 28 elementos", elogia.

Dentro de dois meses, Baba, uma das grandes figuras neste Marítimo - é o melhor marcador na Liga, com 8 golos - vai abandonar o clube, transferindo-se para o Celtic. O capitão acha que o grupo não irá sentir a falta do goleador. "Claro que é um excelente jogador, mas nesta pré-época ficámos sem o Marcelo, o Djalma e o Kléber e conseguimos ultrapassar essas ausências. Acho que pode vir a suceder o mesmo, apesar de, repito, o Baba ser um grande jogador", antevê.

Notícias: Maritimo