Ivaylo Petev esteve um dia no Levski

Depois das ameaças dos adeptos na apresentação, treinador confessou: "Senti-me um criminoso".

Ivaylo Petev foi apresentado como treinador do Levksi Sófia na terça-feira; na quarta-feira deixou o cargo. O técnico não resistiu à reação de alguns adeptos presentes na sua apresentação, que tentaram tirar-lhe a camisola e o obrigaram a deixar a sala de imprensa.

Petev, que nega ser adepto do rival CSKA, explicou: "Eu pensei muito sobre isto, ouvi as opiniões da minha família, o que é importante. Eu não sou um criminoso, não sou um ladrão, mas ontem senti-me exatamente assim. Que foi que eu fiz para merecer isso?", questionou.

O diretor da equipa da capital da Bulgária, Nasko Sirakov, lamentou o sucedido: "Isto não é o meu Levski e estes não são os nossos adeptos. É uma vergonha e uma desgraça".

Até à pausa de inverno o até aqui adjunto Antony Zdravkov será o treinador principal do Levski.

Notícias: Mercado