Brasil ganha na estreia com "mãozinha" do árbitro

Grande penalidade duvidosa permitiu a reviravolta contra a Croácia, no primeiro jogo do torneio.

Começou o Mundial 2014 de futebol, com o país anfitrião a sofrer mas a vencer: o Brasil esteve a perder contra a Croácia, em São Paulo, mas levou a melhor por 3-1 no primeiro jogo do Grupo A e do torneio.

Até foi um brasileiro a marcar o primeiro golo da prova, mas na própria baliza - Marcelo, num desvio infeliz a um cruzamento, inaugurou o marcador para os croatas aos 10 minutos. Era sinal de uma Croácia com menos bola mas mais rápida e concisa. O Brasil não desanimou, acelerou, aproximou-se mais da área adversária e perto da meia hora Neymar igualou, num remate rasteiro de fora da área.

Ao longo de uma segunda parte que começou por ser pouco interessante, foi uma decisão polémica (ou mesmo errada) do árbitro a mudar o resultado. Quando Fred sentiu uma "mãozinha" de Lovren no seu corpo, dentro da área croata, deixou-se cair e foi assinalada grande penalidade; indiferente aos muitos protestos dos europeus, Neymar bisou aos 70'. Até ao final a Croácia ainda tentou, Modrić e Perišić protagonizaram remates perigosos, mas não chegou. E quando a Croácia estava sobretudo concentrada em atacar, um contra-ataque rápido e eficaz do Brasil terminou com o último golo, apontado por Oscar, já nos descontos.

Este foi o único jogo do primeiro dia do Mundial. Amanhã, sexta-feira, vão ter lugar mais três duelos e um deles é também relativo ao Grupo A, o México-Camarões.

Notícias: Mundial-2014