Boavista-FC Porto: "Houve erros claros da arbitragem"

Álvaro Braga Júnior indica os casos do dérbi portuense.

Fábio Veríssimo e a sua equipa de arbitragem foram os assuntos principais comentados por Álvaro Braga Júnior, quando o dirigente abordou a goleada imposta pelo FC Porto ao Boavista por 5-0, neste domingo.

O presidente da SAD do Boavista acha que alguns erros dos árbitros foram fundamentais no rumo do dérbi: "Houve erros claros da arbitragem".

"Se tivessem sido marcadas duas grandes penalidades, uma sobre o Anderson Correia e outra sobre o Uchebo, se não nos tivesse sido anulado um golo e se o Casillas tivesse sido expulso, se calhar estaríamos neste momento a falar de um grande jogo do Boavista", enumerou Braga Júnior, em conferência de imprensa.

Daqui a dois dias os dois vizinhos reencontram-se na Taça de Portugal. O presidente admitiu que o FC Porto é favorito "mas no Boavista ninguém entra em campo vencido", destacou.

Notícias: Porto