Caso Atsu: "O FC Porto é uma máfia"

Esposa do jovem ganês criticou a direção portista, que afastou o jogador.

Christian Atsu não tem integrado os treinos do FC Porto, não apareceu no dia de apresentação do plantel, mas também não há acordo para a sua saída.

O empresário do extremo já revelou que, por exemplo, o Liverpool apresentou uma proposta de quatro milhões de euros, que foi rejeitada no Dragão. Assim, o ganês continua apenas a treinar na equipa B, no Olival.

Quem não gosta desta situação é Marie-Claire Rupio, esposa do jogador, que através do Twitter respondeu às questões do portal 'GhanaSoccernet.com' sobre o assunto, deixando uma crítica dura aos responsáveis portistas.

"O FC Porto é cá uma máfia... Como é que eles podem fazer isto? Mas ele vai conseguir o que quer", avisou Marie-Claire.

Notícias: Porto