FC Porto-Boavista: empate em jogo cinzento

Com menos um desde cedo, dragões não conseguiram desmontar a organização axadrezada.

O FC Porto não foi além de um empate este domingo à noite na receção ao Boavista. O dérbi da Invicta terminou sem golos e a segunda igualdade consecutiva atrasa os dragões na classificação da 1.ª Liga.

O jogo começou com cerca de 45 minutos de atraso, devido ao temporal que se abateu sobre a cidade do Porto. O desafio, tal como a noite, foi cinzento, com poucos períodos de bom futebol.

O Boavista entrou em campo disposto a fazer pela vida e a tapar todos os caminhos da baliza de Mika. Pela frente deparou-se com um FC Porto em que vários titulares foram poupados: Fabiano, Martins Indo e Casemiro estavam no banco. A tarefa da equipa de Petit ficou mais facilitada à passagem dos 23 minutos, quando Maicon foi expulso. Um cartão vermelho direto que motivou protestos mas que se aceita, uma vez que o central brasileiro entrou com tudo sobre Anderson Correia.

A jogar contra 10, o Boavista tentou chegar à baliza de Fernández e mesmo antes do intervalo dispôs de uma boa oportunidade de golo, desperdiçada por Anderson Correia.

O FC Porto intensificou a pressão na segunda parte, mas o Boavista não se deixou desorganizar. A iniciativa estava sempre do lado dos dragões, mas os axadrezados conseguiam evitar que a pressão fosse asfixiante. Jogada após jogada, o FC Porto tentava chegar à frente, mas poucas vezes o fez com perigo.

Noite não para o FC Porto, que deixou assim o Benfica isolar-se na liderança da 1.ª Liga. O Boavista conquistou um ponto com todo o mérito e saiu da zona de descida.

Equipas:

FC Porto – Andrés Fernández; Danilo, Maicon, Marcano e José Ángel; Rúben Neves, Herrera (Adrián, 82’) e Evandro (Casemiro, 46’); Tello (Quaresma, 74’), Jackson e Ibrahimi.
Suplentes: Fabiano; Martins Indi, Casemiro, Quintero, Quaresma, Adrián López e Aboubakar.

Boavista - Mika; João Dias, Philipe Sampaio, Lucas Rocha, Carlos Santos (Brito, 25’) e Anderson Correia; Tengarrinha e Beckeles; Miguel Cid (Shihao, 62’), Anderson Carvalho e Zé Manuel (Yoro Li, 89’).
Suplentes: Mamadou Ba, Brito, Fary, Diego Lima, Yoro Li, Idris e Wei Shihao.

Notícias: Porto