Vítor Pereira ao plantel do FC Porto: "Falta-nos alma de equipa"

Treinador deu um raspanete aos jogadores no treino depois do empate com o Apoel. Saiba o que disse.

Vítor Pereira olhou nos olhos dos jogadores do FC Porto, no treino do dia seguinte ao empate caseiro com o Apoel. Numa conversa antes do treino de quinta-feira, identificou o que está a falhar nas exibições dos dragões.

Segundo os jornais desportivos desta sexta-feira, durante cinco minutos o treinador dos azuis e brancos disse coisas como “Falta-nos alma de equipa” ou “Uma equipa que quer resolver individualmente não é uma equipa”. E acabou o ‘puxão de orelhas’ a pedir mais de todos os jogadores: “Solidariedade dentro das quatro linhas”, exigiu.

A conversa foi reservada, mas o tom de voz foi suficientemente forte para alguns dos recados terem sido ouvidos pelos jornalistas.

“O que me custou mais foi ver algum excesso de confiança. Deu a sensação de que achavam que a coisa se resolveria mais cedo ou mais tarde, sem grande esforço, num ou outro lance individual ou num erro deles, e isso levou-nos a cometer erros", disse ainda o treinador, citado pelo jornal O Jogo.

“Passámos muito tempo a discutir com o colega porque este não passou a bola ou porque não acompanhou a jogada, ou isto ou aquilo. Está a faltar-nos alma de equipa”, acrescentou.

“Isto é a Liga dos Campeões, mas se quiserem ficar à sombra da bananeira do que conseguimos na época passada, tudo bem... Só que não vamos ter sucesso. A solução passa pelo trabalho como equipa. É preciso mais de cada um. Cada um de nós tem que dar mais em campo”, atirou.

Notícias: Porto