FC Porto voltou a perder pontos perto do Tejo

Alvalade, Setúbal, agora Restelo. Belenenses impôs novo 0-0 aos portistas.

O FC Porto pode ficar a sete pontos do Benfica após a 11.ª jornada da I Liga. O empate contra o Belenenses 0-0, o terceiro nulo seguido dos portistas em jogos oficiais, significou também nova perda de pontos na zona do rio Tejo - tinha perdido contra o Sporting e empatado frente ao Vitória de Setúbal.

A chuva foi a primeira protagonista da partida no Restelo (relvado com piscinas, bola a travar); a confusão a última, com vários momentos "quentes" entre Camará, Felipe, Maxi (duas vezes), Sturgeon, Florent ... E os adeptos a pedirem "joguem à bola". Pelo meio, número de oportunidades equilibrado. André Sousa enviou uma "bomba" ao poste e Sturgeon rematou por cima; Felipe cabeceou fraco e Óliver preferiu passar quando poderia ter marcado.

O FC Porto continuou a demonstrar dificuldades para atacar com perigo, depois do descanso. Os seus adeptos chegaram a aplaudir, alguns talvez com ironia, quando a sua equipa conseguiu aproximar-se da área contrária. Quando o perigo apareceu, valeu Florent ao Belenenses, evitando um golo quase na linha final. Os portistas tentaram acelerar, mas de forma atrapalhada. Depoitre tentou quebrar a rotina - escorregou quando ia tentar marcar, isolado. Depois foi a vez de o perigo rondar a baliza do outro lado, sempre por Camará, que em duas situações quase marcou. O tempo passou, o FC Porto mandava homens e bola para a frente, André Silva ainda obrigou Joel Pereira a defesa complicada, mas zero golos. Outra vez.

Notícias: Porto