Jesualdo: Sokota ainda vai ser muito útil ao Porto


Jesualdo: Sokota ainda vai ser muito útil ao Porto
Jesualdo Ferreira recusa-se a falar sobre as especulações da imprensa desportiva em relação a reforços para o Porto. Andrés Madrid e Rentería são os nomes que circulam nos jornais diários por estes dias, mas o treinador dos azuis e brancos nota que
não fala de «jogadores de outros clubes». Já sobre as peças do seu plantel, o técnico deixa antever que poderá estrear Mareque, o único reforço de Inverno dos dragões até ao momento, em Leiria e fala sobre Sokota. Jesualdo nota que o avançado que esteve lesionado «continua a ter muita qualidade» e vaticina que o ex-benfiquista «ainda vai ser muito útil ao FC Porto».

Infelicidade não retira qualidade ao avançado

Jesualdo Ferreira refere que «falar sobre o Sokota não é fácil» dado o seu «trajecto de infelicidade». O croata está a recuperar de uma grave lesão e o treinador portista analisa que «ele está motivado, a trabalhar bem», perspectivando que ainda vai ser «muito útil» no Dragão. Jesualdo não duvida que o avançado «continua a ter muita qualidade» e constata que há «expectativa, optimismo e fé em relação à sua recuperação».
Os azuis e brancos preparam a deslocação a Leiria no primeiro jogo da segunda volta do campeonato e Jorginho e Postiga estão recuperados para o encontro. De fora da partida está Bosingwa e Jesualdo confirma o nome de Fucile como opção para a lateral-direita. Já no lado esquerdo da defesa, e com Marek Cech ainda em dúvida devido a lesão, o professor admite estrear Lucas Mareque. O argentino ainda não fez qualquer jogo desde que chegou ao Dragão no início do mês de Janeiro e o técnico do Porto aponta a importância da «adaptação» antes de poder contar com o jogador no seu pleno.
Em Leiria a formação da Invicta tem como meta vencer com Jesualdo a notar que um empate será um mau resultado. «Só seria um bom resultado se fosse o último jogo do campeonato e nos garantisse o título», aponta o professor, acrescentando ainda que «vencer é importante» para manter «distâncias em relação aos perseguidores». E com 7 pontos de distância sobre o Sporting e 8 sobre o Benfica, o título está «bem encaminhado», nota o treinador, relevando contudo que «seria uma falta de respeito para o Benfica e para o Sporting dizer que vamos ser campeões», afiança.
Jesualdo considera também que a ida a Leiria é «das saídas mais difíceis» que o Porto vai ter na segunda volta do campeonato, com o professor a realçar que o adversário «é das boas equipas da Liga» e que vai ter «uma motivação enorme». Mas isso não demove os dragões do objectivo de somarem mais três pontos e «para vencer é preciso correr mais do que eles», aponta o treinador.

Foto: Agência Lusa

Notícias: Porto