Limpeza no Dragão!

Senão vejamos a lista de jogadores que já tiveram várias oportunidades de mostrar o que valem mas que têm deixado a desejar:- Guarín: esta aposta clara de Jesualdo Ferreira para, sempre que necessário, conferir mais força física ao meio-campo, tem-se revelado de risco dado que o colombiano terá feito, ao longo deste tempo todo, no máximo 3 boas exibições, contando já com os jogos em que entra na segunda parte.- Tomás Costa: muitos nem sequer se lembrarão da posição original deste médio que praticamente não tem sido utilizado. Quando foi chamado a intervir, também não foi feliz.- Sapunaru: um jogador com todas as potencialidades para ser um óptimo lateral acaba por ser também um flop devido à falta de... atitude! Faltam-lhe a garra e agressividade suficientes para ser um defesa de respeito. Já mostrou que chegue para concluir que também não serve.A juntar a este trio de jogadores, cujas capacidades estão, na minha opinião, muito aquém do necessário para integrar a equipa portista, há ainda outros que, embora muito referenciados, têm sido uma desilusão:- Falcao: é justo dizer que a sua missão - fazer esquecer Lisandro - é extremamente difícil e o colombiano, embora com um futebol diferente, parecia estar a consegui-lo, a julgar pelo número de golos que fez nos primeiros jogos. Mas a verdade é que se tem revelado muito ineficaz em segurar a bola naquela zona do ataque, o que contribui e muito para que o Porto não consiga ter posse de bola no meio-campo adversário.- Rodríguez: uma lesão não desculpa tudo. Na minha opinião, pede-se muito mais classe a um jogador de 7 milhões de euros. Lances infantis como a falta cometida na grande área no último jogo também não são admissíveis!- Hulk: já aqui escrevi que o avançado brasileito é um flop. Na altura não houve ninguém que concordasse comigo. Nesta fase haverá quem considere, pelo menos, que o assunto é discutível. Hulk é um bom jogador contra equipas pequenas, mas presa fácil para defesas com mais qualidade. A provar isso, jogos contra Chelsea, Benfica e Manchester (ano passado).Como se isto não bastasse, há jogadores cujo valor é quase desconhecido:- Valeri: actuou em 2/3 jogos no máximo?- Prediguer: nunca o vi a jogar.Posto isto penso ser clara a necessidade de ir ao mercado em Janeiro. A prioridade será de reforçar as posições de:- Médio-centro, que seja uma alternativa credível a Raúl Meireles.- Ponta-de-lança (que tenha lugar imediato no 11, deverá ser portanto um jogador de créditos firmados). Creio que a recuperação de Orlando Sá poderá ser extremamente útil, mas o problema é a incerteza associada a essa recuperação.Se estas medidas não forem tomadas, e, caso o Benfica mantenha um nível semelhante ao apresentado na primeira volta, facilmente perderemos o campeonato.
mind_trick871

Notícias: Porto