P. Ferreira-FC Porto: vitória sofrida do dragão

Campeão nacional venceu (1-0) com justiça. Paços deu luta.

O FC Porto continuou este domingo o seu percurso imaculado na I Liga, edição 2013/14, ao vencer na deslocação a Felgueiras, casa emprestada do Paços de Ferreira. Uma vitória por 1-0 foi suficiente para somar mais três pontos e distanciar-se dos principais rivais na tabela classificativa - o Benfica está já a cinco pontos e o Sporting a dois.

Não foi um triunfo fácil, como o resultado deixa antever. O FC Porto foi superior durante os 90 minutos, mas o Paços de Ferreira, que continua sem pontuar no campeonato, foi um adversário à altura. Em vários momentos do jogo, causou calafrios na defesa dos dragões, onde se notou em demasia a ausência de Mangala – Maicón esteve em dia não.

O domínio da equipa de Paulo Fonseca foi mais evidente na primeira parte, período em que dispôs de várias oportunidades de golo. Os homens mais criativos não estavam, no entanto, particularmente inspirados. Josué e Licá, em especial, não vão recordar com satisfação as respetivas exibições. Jackson esteve igualmente pouco feliz na finalização.

Os homens comandados por Costinha, quase sempre bem no setor defensivo, foram melhorando a prestação a partir da meia-hora de jogo e estiveram mesmo em bom plano na segunda parte. Valeu para os campeões nacionais o golo de Jackson, aos 76 minutos, na resposta a um pontapé de canto bem marcado por Quintero. Um golo que surgiu numa altura em que Paulo Fonseca já mexera, fazendo sair Josué e Defour e lançando Ricardo, além do médio colombiano. Antes, ainda na primeira parte, Danilo saíra por lesão.

O FC Porto venceu com inteira justiça, mas sem o brilho habitual. Já Costinha tem razões para acreditar numa classificação melhor para o Paços do que aquela que os resultados têm permitido.

Equipas:
Paços de Ferreira – Degra; Rodrigo António, Ricardo, Gregory e Hélder Lopes; André Leão e Sérgio Oliveira; Caetano (Jaime Poulson, 79’), Vítor (Rui Miguel, 63’)  e Hurtado (Manuel José, 71’); Carlão.
Suplentes: António Filipe, Nuno Santos, Filipe Anunciação, Rui Miguel, Romeu, Manuel José e Poulson.
FC Porto – Helton; Danilo (Fucile, 39’), Maicón, Otamendi e Alex Sandro; Fernando, Defour (Ricardo, 67’), Lucho e Josué (Quintero, 57’); Licá e Jackson.
Suplentes: Fabiano Freitas, Fucile, Abdoulaye, Herrera, Ghilas, Ricardo e Quintero.

Notícias: Porto