Pepe quer representar a Selecção das quinas


Pepe quer representar a Selecção das quinas
Na semana em que Luiz Felipe Scolari divulga mais uma convocatória da Selecção portuguesa com vista ao jogo frente ao Cazaquistão da fase de qualificação para o Euro 2008, o portista Pepe "oferece-se" como hipótese para a equipa das quinas. O brasileiro diz que espera «um dia poder representar Portugal», justificando que deve «tudo a este país»; «a Selecção brasileira já não me diz nada», acrescenta. Depois de o pai de Bruno Moraes, outro jogador do Porto, ter assumido que o filho gostaria de jogar pelas quinas, é Pepe quem revela o mesmo interesse, almejando ambos seguir as pisadas do já naturalizado português Deco, um ex-atleta do Porto.


Pepe está em Portugal há cinco anos e só poderá tornar-se num cidadão português de pleno direito perfazendo seis anos de residência no país. O defesa-central chegou em 2003 ao Marítimo, onde ficou durante três épocas, saindo depois para o Porto.
A Lei da Nacionalidade portuguesa poderá contudo facilitar o processo de naturalização se Pepe descobrir um familiar português até à segunda geração. Por via do casamento ou união de facto Pepe teria que estar casado com uma cidadã portuguesa há mais de três anos para viabilizar de imediato a naturalização.

Foto: Agência Lusa

Notícias: Porto