FC Porto vence Supertaça com exibição de bom nível

Dragões evidenciaram ritmo muito superior ao V. Guimarães e venceram por 3-0.

O FC Porto juntou este sábado mais uma Supertaça Cândido de Oliveira ao seu extenso palmarés – a 20.ª em 36 edições. Os dragões venceram o Vitória de Guimarães por 3-0, um resultado que não deixa dúvidas quanto à superioridade azul e branca em Aveiro. Paulo Fonseca estreou-se a nível oficial com um título.

Mais do que o triunfo claro, merece destaque a excelente exibição do FC Porto. Nem parecia que estamos a começar a época, tão bom foi o entrosamento revelado pelos onze homens escolhidos por Paulo Fonseca. Ao invés, o Vitória de Guimarães denotou um ritmo alguns furos abaixo e falta de concentração na área defensiva.

Foi com um futebol alegre e vistoso que o resultado foi construído, ainda antes do intervalo. Licá, o único reforço titular nos azuis e brancos, justificou a escolha com um bom golo logo aos 5 minutos. O avançado português foi mais rápido que a defesa contrária a chegar a um cruzamento de Lucho González.

O 2-0 apareceu tinham decorrido apenas mais 12 minutos e de novo na sequência de um cruzamento, desta vez de Varela. Jackson Martínez não perdoou.

Sem espaço para respirar, os homens de Rui Vitória denotavam grandes dificuldades em passar do meio-campo. As sucessivas perdas de bola permitiam rápidos ataques dos homens da frente de Paulo Fonseca. Foi, portanto, com naturalidade que Lucho fez o 3-0 aos 45 minutos, novamente num cruzamento, agora de Fucile.

O ritmo baixou na segunda parte. As substituições operadas pelo Vitória de Guimarães surtiram efeito mas a qualidade do campeão nacional manteve-se, não dando qualquer hipótese ao adversário. Foi o FC Porto que esteve sempre mais perto do 4-0 do que os minhotos de marcarem o tento de honra.

Arbitragem sem problemas de Artur Soares Dias.

Equipas:
FC Porto - Helton; Fucile, Otamendi, Mangala e Alex Sandro; Fernando, Defour (Quintero, 76') e Lucho; Varela (Josué, 63'), Jackson Martinez e Licá (Kelvin, 86').
Suplentes: Fabiano Freitas, Maicón, Herrera, Josué, Quintero, Kelvin e Ghilas.

Vitória de Guimarães – Douglas; Pedro Correia, Josué, Paulo Oliveira e Addy; Moreno, André (Ricardo Gomes, 76'), Marco Matias, Barrientos e Crivellaro (Leonel Olímpio, 45'); Tomané (Maazou, 45').
Suplentes: Assis, Leandro Freire, Hernâni, Leonel Olímpio, Ricardo Gomes, Luís Rocha e Maazou.

Notícias: Porto