O protagonista desta época infeliz deve continuar?

Lopetegui revelou-se uma escolha muito infeliz do FC Porto.

Há mais de um ano, quando Lopetegui foi escolhido para treinador do Porto, fiz um artigo - "Lopeteguia para um final infeliz?" - em forma de desabafo, por, na minha opinião, a estrutura estar a cometer um grave erro na mais importante escolha que um clube faz anualmente para a sua gestão desportiva. Por ser um mero desabafo, igual a tantos outros que acontecem diariamente neste e noutros sites, não consegui perceber o porquê de ver essa opinião ser tão citada, não sendo deixada cair no esquecimento por muitos relvas durante todo o ano. Pois bem, hoje tenho que dar o braço a torcer, vocês estavam certos!

De facto, depois duma época em que o clube fez um investimento colossal, em que abdica do seu modelo de gestão para conseguir muitos dos jogadores que o treinador pretendia, depois dum aumento enorme na folha salarial, depois de tudo isto, o clube tem para apresentar: 0 Títulos e um punhado cheio de desilusões em alturas-chave da época.

Lopetegui revelou tudo aquilo que se esperava: falta de experiência num clube, com a tal rotatividade de jogadores e por vezes de sistema tático, quando a equipa precisava era de rotinas; um sistema tático ainda verde, um bocado pastoso e com carências óbvias, que eram mais percetíveis no local onde o jogar do Porto era mais conhecido; o desconhecimento do futebol português, que junto com a habitual arrogância do treinador oriundo dum campeonato mais forte que o nosso, o fez pensar que com as reservas conseguiria ganhar o campeonato português, esquecendo-se que daqui saíram alguns dos treinadores que dão hoje cartas por essa Europa fora; e nas diferentes horas H revelou que não estava preparado para um desafio deste nível; e, claro, uma inundação de jogadores provenientes do seu conhecimento, a tal aposta nos nossos jovens valores revelou-se na dispensa de Carlos Eduardo, Kelvin, Ghilas, Josué e na contratação dos Campagnas, Angels e dos Fernandez. E não é uma ilha chamada Rúben Neves que altera uma dinâmica de 16 jogadores contratados, alguns nem inscritos na Liga dos Campeões.  

No meio disto tudo, os pontos positivos que o homem revelou foram a capacidade de perceber os seus erros, como a desistência da rotatividade estúpida, a desistência da rotatividade entre sistemas táticos, e taticamente uma significativa evolução, com maior jogo interior, com maior liberdade para Herrera aparecer junto à área contrária e maior liberdade aos extremos. A sua capacidade para fazer evoluir jogadores também tem que se relevar, bem como uma Champions competente.

Lopetegui revelou-se uma escolha muito infeliz, como era expetável, que redundou numa época infeliz. A questão é óbvia, deverá ele continuar?

Pergunta óbvia, resposta complicada. É que muitos dos problemas que se apontavam no início da época passada, neste momento foram resolvidos através da sua aprendizagem pelo erro. No próximo campeonato, ele já não será um treinador sem experiência num clube à séria, já não começará o campeonato a pensar que com os reservas conseguirá ganhá-lo, já não fará aquela rotatividade estúpida que fez, já terá conhecimento do nosso campeonato, e por esse motivo a sua continuidade não parece ser tão nefasta como a sua contratação. Por outro lado, além destes problemas, ele revelou alguns problemas de liderança, como o atirar de culpas para os jogadores, como o desespero que revelava no banco sempre que a equipa estava em dificuldades, como a incapacidade que a equipa tinha em dar a volta a situações complicadas com a sua liderança e principalmente com a falta de ambição e garra que a equipa se apresentou no jogo do Título.

A minha resposta... fico-me por dizer que a sua continuidade me faria menos confusão que a sua contratação, os ziguezagues não trouxeram nada de bom aos clubes adversários e não me parece que trouxessem ao meu. Claro está que por um Vítor Pereira (possível) ou um Marco Silva (parece impossível), não me importaria nada de ziguezaguear de novo :).

E vocês, acham que Lopetegui deve continuar?