Suíça, Suécia e Grécia completam play-off europeu

Seleção nacional qualificou-se pela quinta vez consecutiva para a fase final de um Mundial.

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se esta terça-feira, pela sétima vez e quinta consecutiva, para a fase final de um Mundial, ao vencer em casa a Suíça por 2-0, conquistando o Grupo B do apuramento europeu e relegando os helvéticos para o segundo lugar do grupo, e para o play-off de apuramento.

À Suíça juntaram-se também esta terça-feira a Suécia e a Grécia, que completaram o lote de seleções que vão disputar no ‘play-off’ uma das 4 vagas para o Mundial da Rússia.

Os suecos, segundos do Grupo A, atrás da França, e os gregos, segundos do Grupo H, há muito conquistado pela Bélgica, juntaram-se a Irlanda do Norte, Dinamarca, Itália, República da Irlanda e Croácia.
 
A Suécia, que até podia ser goleada na Holanda por 8-0, acabou derrotada apenas por 2-0, garantindo a presença no play-off e afastando os holandeses do Mundial.

Os gregos, por sua vez, receberam e golearam Gibraltar por 4-0, com um ‘bis’ do ex-jogador benfiquista Kostas Mitroglou.

Itália e Croácia parecem à partida reunir favoritismo para esta eliminatória, mas ninguém se atreve a apostar todos os seus códigodebónus.com em quais serão os quatro apurados para o Mundial - principalmente sabendo-se que a Bélgica não será cabeça-de-série no sorteio.

Com a vitória desta terça-feira, a equipa portuguesa, que se encontrava na segunda posição do Grupo B e destinada a disputar o play-off, ultrapassou a seleção helvética, conquistou o primeiro lugar do grupo e relegou os suíços, aos quais bastava empatar no jogo da Luz, para as eliminatórias.

Johan Djourou, aos 41 minutos, na própria baliza, e André Silva, aos 57, selaram o nono triunfo consecutivo da formação das ‘quinas’, depois da derrota inicial no reduto dos helvéticos, que chegaram à Luz com nove triunfos, em nove jogos.

Portugal, que esteve em todas as grandes competições desde 2000 e repete as presenças em Mundiais de 1966, 1986, 2002, 2006, 2010 e 2014, terminou com os mesmos 27 pontos da Suíça, mas com vantagem na diferença de golos (32-4 contra 23-7).

No sorteio, a formação suíça será cabeça de série, juntamente com Itália, Croácia e Dinamarca.

Das seleções que terminaram os seus agrupamentos no segundo posto, ficou de fora a Eslováquia, que, no Grupo F, arrebatado pela Inglaterra, só somou 12 pontos nos jogos contra o primeiro, o terceiro, o quarto e o quinto.

O sorteio do ‘play-off’ realiza-se a 17 de outubro, em Zurique, na Suíça, com eliminatórias, a duas mãos, entre 9 e 14 de novembro. O primeiro encontro disputa-se a 9, 10 ou 11 e o segundo a 12, 13 ou 14.

Os vencedores dos quatro confrontos juntam-se, entre os Europeus qualificados, a Bélgica, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Polónia, Sérvia, Islândia, Portugal, França e à Rússia, anfitriã do Mundial de 2018, que se jogará de 14 de junho a 15 de julho.

Notícias: Selecao