Nélson Oliveira: "Quero mostrar o meu futebol no Benfica"

O avançado disse que a prestação da seleção sub-20 no Mundial na Colômbia "abriu portas" para os jov

À chegada a Lisboa, Nélson Oliveira foi um dos vários jogadores que comentou a campanha de Portugal no Mundial sub-20 na Colômbia, que só foi travada na final pelo Brasil.

O avançado disse que a prestação da seleção nacional abriu portas para os jovens portugueses: "Abrimos algumas portas, não só para nós, mas também para as gerações seguintes. Temos tanta ou mais qualidade que os jogadores estrangeiros, sem querer criticar os estrangeiros".

"Vou recordar todos os momentos vividos na Colômbia, só temos de estar orgulhosos pelo percurso que fizemos", comentou o jogador do Benfica.

Nélson Oliveira foi considerado o segundo melhor jogador do torneio, conquistando a Bola de Prata, e confessou que "esperava o ouro", mas salientou que o sucesso esteve centrado no conjunto: "O importante é o coletivo. A nossa equipa não foi marcada por grandes individualidades, o coletivo é que resolvia os problemas".

Sobre o seu futuro a curto prazo, o avançado não escondeu que quer permanecer na Luz: "A minha vontade é ficar no Benfica, quero mostrar o meu futebol no Benfica".

Nélson afirmou que não esperava a receção entusiástica no aeroporto, esta segunda-feira: "Tudo isto é um orgulho, não estava à espera. Tinha bastantes pessoas à minha espera".

Danilo destacou vitória contra os Camarões

Já Danilo confessou que foi a partir da vitória contra os Camarões por 1-0, ainda na fase de grupos, que a equipa percebeu que podia chegar à final.

Quanto ao apelido que foi dado a esta equipa pelo próprio selecionador Ilídio Vale, Danilo concordou: "Geração coragem foi um nome adequado, porque não há individualidades e temos um bom grupo, tivemos coragem e ambição".

O médio defensivo vai agora rumar ao plantel do Parma e disse que deverá ser opção na equipa principal do conjunto italiano.