Ricardo Carvalho: "Não é nada de pessoal contra o Pepe"

Central confirma que abandonou estágio da seleção quando percebeu que não seria titular em Chipre, m

Finalmente, a explicação. Na entrevista que será emitida este sábado à noite na RTP-N, Ricardo Carvalho confirma que a sua saída do estágio em Óbidos se deveu a ter-se apercebido de que não seria titular no jogo com Chipre.

“Penso que foi uma grande injustiça. Naquele dia tinha treinado bem, tinha dado o meu melhor, enquanto que o meu colega, que não tinha treinado, chega ao trabalho tático e vai diretamente para a equipa principal. Eu fui posto um pouco de lado... sim foi o Pepe. Jogamos os dois no Real Madrid e normalmente jogamos também os dois na seleção, não é nada de pessoal contra o Pepe, é sim contra o treinador”, explica o central.

A forma como Paulo Bento reagiu à situação também mereceu comentários de Ricardo Carvalho.

“Sinto que houve aproveitamento do treinador de um episódio que não foi o mais correto da minha parte, para tentar pisar-me e massacrar um pouco... Eu isso nunca fiz com ninguém, com nenhum treinador, sou direto e acima de tudo falo na altura, não deixo que as pessoas cometam um erro para depois aproveitar o momento e tentar pisá-lo”, lamentou.

Leia nos links seguintes outros momentos da entrevista.