Rúben Amorim "feliz" por Paulo Bento não pensar como Jesus

Crítica velada ao treinador do Benfica ou declaração inocente do jogador encarnado? Comente o caso n

Rúben Amorim não esconde que não contava com a chamada à Seleção Portuguesa com vista aos jogos frente a Islândia e Dinamarca, da fase de qualificação para o Euro 2012.

"Quando não estamos a jogar regularmente é sempre um pouco surpresa, mas quando recebemos a pré-convocatória tentamos ficar prontos e eu estou pronto para ajudar a Seleção", garante o médio do Benfica que não era chamado para as quinas desde o Mundial 2010.

O atleta não tem sido opção regular do treinador Jorge Jesus e refere que "há que respeitar". "Eu conto jogar sempre, mas é ele que decide", salienta. "É uma opção do mister Jesus que considera que não devo jogar no Benfica. Fico feliz pelo mister Paulo Bento pensar de outra forma", afiança o atleta.

Quanto aos jogos da Seleção, Rúben Amorim aponta que "o objetivo é ganhar", lembrando que "os portugueses estão habituados a marcar presença nas grandes competições".