Portugal no Mundial 2014: quem tem Ronaldo...

...arrisca-se a ganhar em qualquer estádio. Seleção lusa vai mesmo estar no Brasil.

Portugal conseguiu nesta terça-feira o apuramento para a fase final do Mundial 2014. Depois de terem vencido no Estádio da Luz por 1-0, os portugueses ganharam na Suécia por 3-2, com três golos de Cristiano Ronaldo e um total de 4-2 na eliminatória.

Portugal já ganhava antes do jogo começar mas quem procurou mais o golo ao longo da primeira parte foi precisamente a turma de Paulo Bento. Do lado sueco não se via grande garra, ou muito acerto na troca de bola - houve várias recuperações lusas em terrenos adiantados. As três oportunidades mais claras de golo pertenceram a Portugal: Bruno Alves, de cabeça, levou Isaksson a defesa complicada; Ronaldo atirou por cima já à entrada da pequena área; e Hugo Almeida rematou, também de cabeça, às redes laterais. Faltava eficácia, como costuma dizer o selecionador nacional. Do ataque sueco só se viram alguns esboços nos minutos finais, sem grandes sustos para Rui Patrício. E não houve golos até ao intervalo.

A agitação que faltou na primeira parte apareceu no segundo tempo. Entre a lesão de Fábio Coentrão e a estreia de William Carvalho pela seleção principal, foram apontados cinco golos. Três deles da autoria de Cristiano Ronaldo. O primeiro surgiu após uma jogada perigosa sueca, travada por uma grande defesa de Rui Patrício; grande passe de Moutinho, golo do extremo. Quem previa um duelo entre Ronaldo e Ibrahimović acertou, já que a resposta sueca foi conseguida através de dois golos do avançado do PSG, que superou nas alturas Bruno Alves, num pontapé de canto, para depois fazer o 2-1 num livre direto à entrada da área. A Suécia parecia sem capacidade para dar a volta mas de repente acordou graças ao seu "gigante". No entanto, não convinha esquecer que do outro lado estava Cristiano Ronaldo - mais dois golos, concretizando mais duas belas assistências; primeiro foi Hugo Almeida, depois foi novamente Moutinho, que colocou a bola para o madeirense ultrapassar Isaksson e fechar as contas do jogo e da eliminatória (mas ainda teve mais duas situações claras para apontar o seu quarto golo da noite).

Ainda houve um período de sofrimento a meio da segunda parte mas foi a melhor seleção a conseguir o apuramento para o torneio que se vai realizar no próximo ano, no Brasil. Enquanto Ronaldo igualou Pauleta no topo dos goleadores da história portuguesa, a seleção lusa consegue o seu oitavo apuramento consecutivo para uma fase final de um grande torneio internacional; o quarto seguido para um Mundial.

Equipas iniciais

Suécia:
Isaksson
Lustig, Nilsson, Antonsson, Martin Olsson
Larsson (Gerndt), Elm (Svensson), Källström, Kacaniklic (Durmaz)
Elmander, Ibrahimović

Portugal:
Rui Patrício
João Pereira, Bruno Alves, Pepe, Fábio Coentrão (Antunes)
Miguel Veloso, João Moutinho, Raul Meireles (William Carvalho)
Nani, Hugo Almeida (Ricardo Costa), Cristiano Ronaldo

Golos: Ibrahimović (67', 72'); Ronaldo (50', 76', 78')