Benfica-Sporting: Bracarense Carvalhal quer vencer «pelo Sporting»


Benfica-Sporting: Bracarense Carvalhal quer vencer «pelo Sporting»
Aí está «o clássico dos clássicos», nas palavras do treinador Carlos Carvalhal que espera que «o Sporting vença» no reduto do Benfica, mas «pelo Sporting». Uma ideia que o técnico natural de Braga e ex-jogador do clube que ainda aspira a chegar ao primeiro lugar frisa. «Sou de Braga, mas fundamental é vencer o Sporting», repara.



O dérbi assume muito maior relevância para os encarnados que não querem perder terreno para os arsenalistas, agora a três pontos de distância do primeiro lugar, mas com mais um jogo realizado. Mas para o Sporting, que tem praticamente o quarto lugar garantido e que não pode almejar a mais, «não é apenas mais um jogo, pois um clássico é sempre especial», salienta Carvalhal.

O comandante dos leões já "roubou" quatro pontos ao Benfica nesta temporada, dois já enquanto técnico do Sporting e mais dois ao comando do Marítimo. Sobre o embate contra os madeirenses da jornada inaugural do campeonato, Carvalhal frisa em tom irónico que «na altura foi um autocarro de dois andares», mas afiança que nunca viu «um autocarro fazer golos», lembrando que «o Marítimo estava a ganhar o jogo bem perto do fim».

Carvalhal realça que espera «um excelente jogo de futebol, com grande fair play, dentro e fora do campo» e que seja «um bom veículo de propaganda do futebol».

Izmailov é "baixa" dos leões por castigo, enquanto Sinama-Pongolle foi dispensado por causa de doença da filha. Simon Vukcevic continua de fora do lote de opções de Carvalhal que preteriu ainda por opção Marco Caneira e Pedro Silva.


Notícias: Sporting