Bruno de Carvalho arrasa Godinho Lopes

Candidato derrotado nas últimas eleições do Sporting dispara contra o atual presidente via Facebook.

Bruno de Carvalho, candidato derrotado nas últimas eleições do Sporting, escolheu a véspera da entrada em cena da equipa leonina no campeonato para atacar a direção liderada por Godinho Lopes, num texto arrasador que colocou na sua página no Facebook.

Eis o texto na íntegra:

"Boa noite a todos os sportinguistas e todas as sportinguistas.

Mesmo de férias não quero deixar de dar a minha opinião sobre muito do que se tem passado com o nosso Sporting CP nestes últimos meses, e quero fazê-lo antes do inicio do campeonato, que espero sejamos campeões e no qual vou dar todo o meu apoio para que tal suceda. Nada do que vou dizer tem a ver com o plantel, com a nossa capacidade desportiva, com o objectivo que todos os sportinguistas têm de ter, o sermos vitoriosos e campeões! Eu quero, eu desejo, eu apoio e eu acredito!

Agora chega de ver o que se passa e continuar calado. É demais para manter silêncio. Saber gerir o meu silêncio pode ser muito bom para o meu futuro... mas o que me interessa o meu futuro no Sporting CP como dirigente se fizer como todos os outros que é estar calado quando se mantêm as mesmas politicas errantes no Clube que amo. Troco bem o meu "bem-estar" hipocrita e um possível futuro assim ou assado, por manter os sportinguistas alertados e a minha consciência tranquila.

Vou fazer a minha análise por pontos para ser de leitura mais simples:

1º durante as eleições foi dito por Godinho Lopes que apenas se tinha candidatado porque tinha assegurados 100 milhões de imediato - afinal e como eu sempre disse não foram cem milhões mas sim sem milhões;

2º Durante as eleições Godinho Lopes disse que tinha soluções para diminuir a divida com a banca pois negociava com eles diáriamente e era muito credivel - afinal a grande negociação foi, para pagar o empréstimo obrigacionista que terminou em Julho de 19 milhões, fazer um novo empréstimo de 20 milhões a uma taxa de 9,25%. Esta taxa é excelente para os investidores das obrigações mas péssima para o Sporting Clube de Portugal, tendo o serviço da nossa divida aumentado fortemente;

3º Durante as eleições foi prometida uma auditoria desde 1995 e de acordo com a vontade e orientações dos sócios - afinal ficámos por uma mera análise de desvios - nem uma auditoria é. Nem existem muitas palavras para definir esta atitude, a não ser, esperado. Mais grave ainda após as eleições parece que a documentação de 1995 a 2000 desapareceu e agora a desculpa é: legalmente a documentação de uma empresa só precisa de existir dos ultimos 10 anos... Nota á direcção empossada: primeiro isso é a nivel contabilistico e das finanças e não uma regra que diz para deitar fora os restantes papeis. Depois as empresas têm donos e os donos se quiserem podem mandar deitar fora os papeis das suas empresas, mas no Sporting Clube de Portugal, pelo menos por agora, não existem donos, os donos são os sportinguistas todos e por isso não deveria ser deitado fora um unico documento até porque eles fazem parte do nosso histórico e ninguém tem o direito de mandar fora seja aquilo que fôr. Vou dar um exemplo de preocupação futura: o novo Estádio terminou de ser construido em 2003, existem sérias duvidas sobre todo o processo e custo do mesmo. Esta Direcção empossada termina o mandato em 2013, exactamente 10 anos após o mesmo, também vão mandar esses documentos fora?

4º Durante as eleições Godinho Lopes disse que o seu treinador seria ou inglês, ou holandês ou espanhol - Saiu Domingos, que dos portugueses é alguém que gosto, mas o desnorte é total;

5º Durante as eleições Godinho Lopes e a sua equipa anunciaram vários jogadores - nem um veio da extensa lista apresentada o que denota que afinal as eleições servem apenas para iludir e não para dizer qualquer verdade;

6º Durante as eleições o novo vice para a àrea comercial chamou os sportinguistas de burros - Carlos Barbosa é agora responsável pelas politicas necessárias de aproximação desses "burros" ao Clube. Para além do mais ainda se roga no direito de se dirigir a um consórcio do Clube na ultima Assembleia Geral, nesse caso eu, como "o senhor anterior só diz disparates...". Parece-me uma forma pouco educada e pouco própria para um dirigente do Sporting se dirigir a uma associado do Clube e ainda por cima quando o associado em questão até estava a defender algo que a própria Direcção tinha defendido em sede de Comissão de revisão. Bem, se calhar foi por isso que ele achou que eu estava a dizer disparates... Seja como for elementos da Direcção já me pediram 3 vezes desculpa por intervenções de Carlos Barbosa descabidas e mal educadas e acho que são erros demais para tão pouco tempo de cargo;

7º Durante as eleições Paulo Pereira Cristovão foi das pessoas que mais denegriu a minha candidatura. Em todos os debates, na televisão e rádio, esteve presente a denegrir-me pessoalmente e aos elementos que me acompanhavam - depois das eleições, durante o almoço dos Sportinguistas de Alenquer, chamou-me ao palco a dizer que eu era um cidadão exemplar e um sócio exemplar - então mas afinal a verdade foi durante as eleições ou durante o almoço? Afinal vale mesmo tudo em eleições e depois vivemos todos em comunhão familiar?

8º A noite eleitoral foi das maiores vergonhas que já se viveram no nosso Clube, mantendo-se por explicar os 418 sócios a mais que supostamente votaram e os respectivos 3.000 votos associados - agora já não interessa a ninguém dizem, mas interessa a todos aqueles que ainda se regem por valores de transparência e honestidade;

9º A empresa Cunha Vaz responsável pela estratégia e comunicação da campanha da lista de Godinho Lopes fez a campanha mais caluniosa e vil que alguma vez foi vista no nosso Clube - como "prenda" foi-lhes atribuido um contrato com o Clube após as eleições;

10º Logo após as eleições Godinho Lopes deu uma entrevista na televisão onde questionado com a lista de jogadores que anunciou durante as eleições e os 100 milhões disse algo similar a isto "as eleições já foram... agora vamos falar a sério..." - nem comentarei o obvio;

11º Foi dito durante as eleições que iam formar a equipa que ia levar o Sporting CP a ser campeão já nesta época - agora já vi pelo menos 3 entrevistas do Godinho Lopes e uma hoje de Luis Duque a dizer que afinal não se pode prometer títulos, temos de ter calma, que se tem de começar do 0, e mesmo que se está a preparar a equipa para o triénio ou mesmo decénio - bem, quando quem organiza, escolhe e decide tem estas dúvidas todas os sportinguistas têm razões para recear, eu pelo menos receio e muito pois para gerir o Sporting para ser campeão daqui a alguns anos eu não chamo gestão mas sim algo que será obvio que um dia acontecerá...

12º O vice presidente Carlos Barbosa deu uma entrevista onde disse que para o ano o Porto e o Benfica não farão parte do "campeonato" do Sporting pois esse será efectuado com Barcelona e Real Madrid - afinal nesta Direcção falam uns com os outros? É para sermos campeões e lutarmos de igual para igual com os maiores da Europa ou é para vermos o que dá no futuro? Existe uma estratégia definida ou várias em colisão?

13º  A Direcção promoveu uma alteração de estatutos onde a passagem das decisões importantes da Assembleia Geral passavam dos sócios para o Conselho Leonino - esta foi uma das discussões piores e mais demoradas da Comissão. No dia da Assembleia Geral, e perante a derrota anunciada do mesmo que se sentia no Pavilhão Atlântico a Direcção afastou-se dessa vontade dizendo mesmo que era contra... nesse momento o assunto polémico ficou orfão, isto é, afinal ninguém queria aquilo, apareceu apenas no papel e foi levado a votação, mas ninguém foi, ninguém sabe, ninguém perfilha... Felizmente que não passou, mas eu pergunto: se todos eram contra como chegou à Assembleia Geral? Bem, todos têm o direito de mudar de opinião, agora o milagre da multiplacação do pão eu conhecia porque me contaram a história, agora o "milagre" da escrita de artigos para os Estatutos do nosso Sporting, esse foi novidade e eu pude presenciar;

14º Pedro Mil Homens ia ser afastado da Academia, afinal apenas mudou de funções;

15º O irmão do membro da Direcção João Pedro Varandas entrou na equipa médica do Sporting para reforço da mesma, afinal, passado umas semanas, já substituiu o Dr. Gomes Pereira;

16º Quanto a vendas/saidas de jogadores temos de perceber de vez que os clubes vivem muito das transferências. Passar a vida emprestar jogadores até terminarem os seus contratos e sairem livres, dispensar pagando indeminizações e sairem directamente a custo 0 não é para um Clube como o Sporting CP. Nenhum dos jogadores que sairam valia pelo menos umas centenas de milhares de euros? É que grão a grão enche a galinha o papo e a mim foi me dito que o Sportng CP preciisava de dinheiro... Afinal dizem que até Godinho Lopes teve de emprestar ou dar aval (existem várias versões) 2 milhões / 2 milhões e meio / 4 milhões (existem também aqui várias versões) para pagar salários. Talvez o dinheiro de vendas pudesse ajudar... ou talvez não seja necessário pois afinal contratámos 14 jogadores (bem sei que alguns a custo 0) mas não foi preciso pedir dinheiro a ninguém... ou foi? Se os 20 milhões foram para pagar o empréstimo anterior e afinal o tal fundo que iam revitalizar e que tinham tomadores firmes (durante as eleições obviamente)  estava caducado e teve de ser novamente renegociado e re-apresentado à CMVM (sem nós sportinguistas sabermos quem são os investidores, qual as condições, se existe poder de veto o não... enfim tudo aquilo que interessava para mim e pelos vistos não interessa para nada sendo outros...) se calhar até não temos falta de dinheiro e podem sair todos a custo 0;

17º Avisei durante as eleições que corremos o risco de perder a maioria da SAD em 2013 devido às VMOC´s e agora a Direcção diz que provavelmente terá de haver um aumento de capital nesse ano? Pergunto: aumento de capital é claro que terá de haver até porque a própria caracteristica das VMOC´s assim o obriga, mas será apenas com as acções dos investidores (vulgo BES e BCP) ficando os mesmos com a maioria da SAD? Ou o Sporting CP vai acompanhar esse aumento? E se vai como o fará? Vai dar o direito de superficie do Estádio como "moeda de troca" ficando o Sporting CP em definitivo sem património nenhum ou vai fazer um novo empréstimo agora a uma taxa entre os 10% e os 12% aumentando ainda mais o nosso serviço da divida? Enfim, Quo Vadis Sporting CP?

18º Desde o final das eleições existem meia duzia de sportinguistas que na internet fingem saber muitas coisas de mim, poque "viram", "ouviram de fontes seguras" isto é são os novos "mediuns" que tudo vêm e tudo sabem e dizem disparates e disparates, mentiras em cima de mentiras a ver quem pega. O problema é que uma mentira dita várias vezes passa a verdade e eles dizem-nas tantas vezes e seguidas que das duas uma, ou são pagos para tal e assim perdem o seu tempo mas ganham dinheiro, ou têm algum problema psicológico partilhado entre os 6... É o Sporting dos tempos modernos onde basta escrever barbaridades e as pessoas colocam uns likes e no futuro tudo isso passou a verdade pois existem umas pessoas que tudo ouvem e tudo sabem... Mais uma forma de criar sound bytes...

Enfim, eu acredito que iremos ser campeões em todas as modalidades, vou fazer tudo o que sempre fiz para poder ser mais um a apoiar e a gritar pelo Sporting CP em todos os jogos, agora já não tenho é idade para acreditar em rábulas infantis...

Viva o Sporting Clube de Portugal! Vivam os sportinguistas! Sempre a apoiar e a defender o Clube que todos amamos!

Abraço e Saudações Leoninas!

Bruno de Carvalho"

 

Notícias: Sporting