Bruno de Carvalho lançou comunicado

Em causa as arbitragens nas modalidades.

O presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho, voltou a usar as redes sociais, para através da sua página do Facebook, apontar o dedo às arbitragens que este entende terem sido prejudiciais em algumas modalidades. Queixas para a final da taça de Portugal no Hóquei Patins, contra o Benfica, para o jogo decisivo do título de campeão em Andebol frente ao FC Porto, e finalmente, o que fez transbordar o copo de água, o jogo da final do playoff de Futsal, também perdido para os encarnados.

Bruno de Carvalho apontou o dedo em várias direções, para fora do clube, mas também para dentro referindo-se a quem por lá passou nas direções anteriores. Eis os comentários do líder leonino:

"O desporto faz-se de vitórias, empates e derrotas. Devemos saber aceitá-las e evoluir com as mesmas. Cada época é encarada com profissionalismo e obriga a um forte investimento financeiro e a uma árdua dose de trabalho. Mas essa exigência tem de ser partilhada por todos. Esta é mais uma herança das últimas décadas de gestão no nosso clube. O desrespeito é total e na hora de "errar" é sempre o mesmo que sofre...
Repito o que disse no início do mandato e que está tão atual: "é hora de estarmos todos juntos para acabar com os interesses que se movem à volta do SCP e do desporto, se não estiverem ao meu lado os interesses vão acabar comigo!"

Uma palavra também para o Governo: "Se precisamos de continuar a cortar nas "gorduras" para atingir a “meta do défice”, se no início a fórmula foi retirar apoios às Fundações (muitas vezes de forma quase cega), porque não olhar agora para as federações? Também começam por f e também acabam em ...ões. E tal como as primeiras umas são profissionais e apresentam trabalho, enquanto outras apenas absorvem dinheiro e fazem perpetuar o tão malfadado "sistema" envergonhando quem de facto gosta, ama e se dedica ao desporto e com isso Portugal e o desporto português."

Em jeito de conclusão: "...é tempo de preparar a próxima época nas várias modalidades. Mas quem tem responsabilidades no desporto não se iluda, não vos vamos tolerar mais desrespeito! Não queremos favores mas exigimos profissionalismo!
Vamos estar atentos e vamos fazer ouvir a nossa voz!"

Notícias: Sporting