Caso Yannick: Nice diz que o Sporting não tem base jurídica

Diretor geral do clube francês reafirma que os leões têm de aceitar o avançado de volta.

O diretor-geral do Nice, Julien Fournier, volta a defender que Yannick terá de voltar ao Sporting, acrescentando que o clube de Alvalade “não tem base jurídica” para poder recusar o regresso do avançado.

“Não quero comentar a decisão do Sporting [em dizer que não aceita o jogador de volta]. Mas sei que a mesma não tem base jurídica. A decisão final não pertenceu ao Nice, ao Sporting ou ao jogador. A situação é clara em termos legais e a FIFA e o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) confirmaram que o Yannick não é jogador do Nice”, sublinhou, em conferência de imprensa.

Recorde-se que na terça-feira, o TAS confirmou a decisão da FIFA em rejeitar a inscrição de Yannick no Nice, pelo facto dos documentos terem entrado na Federação Francesa de Futebol (FFF) alguns minutos depois do fecho do mercado.

 

Notícias: Sporting