Dias da Cunha: "Árbitros beneficiam sempre o FC Porto" (Exclusivo)

Ex-presidente dos leões diz ao Relvado que árbitro Carlos Xistra "prejudicou deliberadamente o Sport

Dias da Cunha, antigo presidente do Sporting, não tem dúvidas em apontar os árbitros Carlos Xistra e Pedro Proença como os principais culpados pelo mau arranque do clube no campeonato - apenas dois pontos em nove possíveis. Ainda assim, em declarações ao Relvado, o homem que ficou célebre por denunciar o sistema faz questão de distinguir os dois casos. "Carlos Xistra prejudicou deliberadamente o Sporting no jogo da primeira jornada, com o Olhanense. Já no caso de Pedro Proença, estou em querer que se tratou de um azar e que não viu o penálti e o fora-de-jogo frente ao Marítimo", defende.

O antigo líder dos leões confessa que esperava dificuldades nesta fase inicial de campeonato, mas não tantas. "Sabia que não seria fácil integrar tantos jogadores novos...E tudo é novo: presidente, treinadores, os tais 16 jogadores... O que não contava era com duas péssimas arbitragens, com influência significativa nos resultados", aponta.

Leia a opinião de Rui Santos sobre o arranque do Sporting:

Dias da Cunha apontou há alguns anos Pinto da Costa e Valentim Loureiro como os rostos do sistema que mandava no futebol português. O anterior presidente do Boavista abandonou o futebol, mas o líder do FC Porto continua a manobrar nos bastidores, segundo o antigo líder do clube leonino. "Os árbitros beneficiam sempre o FC Porto! É indesmentível que esse clube é sempre o destinatário das benesses dos senhores árbitros!", refere.

O ex-líder dos leões defende que "ao longo dos anos, o senhor Pinto da Costa tem conseguido que o FC Porto não seja prejudicado pelas arbitragens, antes pelo contrário".

 

Benfica que se cuide!

Dias da Cunha aponta ainda a mira ao rival da 2ª Circular. "Enquanto que o Sporting tem sido prejudicado, Benfica e FC Porto são levados ao colo. Enfim, está tudo na mesma, a arbitragem portuguesa é miserável e há uma enorme sensação de impunidade!", atira.

O antigo presidente do Sporting deixa no entanto o aviso ao clube da Luz. "O Benfica que tome cuidado, porque vai ser o próximo! Vai chegar um momento em que o FC Porto passará a ser o único destinatário das benesses dos árbitros", antevê.

E acrescenta que o sistema "está mais forte e autosuficiente" do que no seu tempo como dirigente desportivo. Exemplo disso mesmo é, na sua opinião, "o boicote que os árbitros fizeram ao Sporting, quando o clube mais não fez do que apresentar um dossier com medidas para melhorar a arbitragem".

Dias da Cunha acredita no trabalho do treinador do Sporting e lança um apelo à massa associativa leonina. "Confio totalmente em Domingos Paciência e quero pedir aos adeptos que apoiem este técnico e a equipa. Não é fácil integrar 16 novos jogadores. Acredito plenamente no trabalho que está a ser feito", refere.    

Notícias: Sporting