Estoril 0-0 Sporting: muita luta e pouco espetáculo

Médios e defesas levaram a melhor sobre os avançados, neste sábado.

Previa-se um jogo complicado para um dos líderes da I Liga, perante um "europeu", e confirmou-se: o Sporting jogou no terreno do Estoril, para fechar o programa deste sábado, e não foi além de um empate a zero.

Assistiu-se a uma primeira parte equilibrada e intensa. As oportunidades de golo não abundaram mas era visível a entrega dos jogadores e a qualidade das duas formações; com algum trabalho para Pedro Proença também, pelo meio. Não houve propriamente um domínio de qualquer uma das duas equipas e o jogo disputava-se sobretudo na zona do meio campo, contando com diversas faltas e um ou outro desentendimento. Mas podiam ter surgido golos: primeiro por Wilson Eduardo, que obrigou Vagner a uma boa defesa; e depois num remate de Tiago Gomes, para defesa complicada de Rui Patrício com a bola a tocar ainda na barra. Nulo ao intervalo.

Quem esperava um cenário diferente na segunda parte, enganou-se. Os médios e defesas continuavam a ter um papel mais ativo do que os avançados, em ambas as equipas. Exceções: remate de Carlitos, muito perto do poste, e resposta de Adrien, por cima. De resto, havia luta (e alguma confusão) e poucas jogadas de perigo. O Sporting ainda foi tentando assustar na área contrária, em alguns cruzamentos, mas Vagner não era realmente ameaçado. Já perto do final foi o Estoril a estar perto do golo, por Gerso; bela defesa de Rui Patrício. Rojo também tentou mas viu Vagner travar o seu remate.

Dado que nesta partida, que ficou abaixo das expetativas, não houve superioridade clara de qualquer das equipas, o desfecho aceita-se. Tal como se aceita o 0-0, resultado de poucas oportunidades de golo. O Sporting fica temporariamente com mais um ponto do que Benfica e FC Porto, que neste domingo se encontram no Estádio da Luz. O Estoril, quarto classificado, continua a nove pontos do rival desta noite e ficou um pouco mais distante do Vitória de Guimarães (dois pontos).

Equipas iniciais

Estoril:
Vagner
Mano (Filipe Gonçalves), Yohan Tavares, Ruben Fernandes, Tiago Gomes
Gonçalo, Diogo Amado, Evandro
Carlitos, Bruno Lopes (Gerso), Sebá (Balboa)

Sporting:
Rui Patrício
Cédric, Maurício, Rojo, Piris
William, Adrien, André Martins (Carlos Mané)
Carrillo (Slimani), Montero, Wilson Eduardo (Capel)

Notícias: Sporting