Godinho Lopes diz que adeptos não puderam sair durante o fogo

Presidente do Sporting acusa autoridades presentes na Luz e defende que "poderia ter acontecido um i

Godinho Lopes acusa as forças da autoridade de terem impedido a saída de adeptos do Sporting na altura do incêndio que se formou na bancada da Luz. "Não houve a preocupação imediata de escoar as pessoas. Sabe-se hoje que procederam mal, pois uma maioria esmagadora não estava a pensar no que se estava ali a passar e queria apenas sair e foi impedida de o fazer. Há que evitar para que no futuro não hajam incidentes graves", refere, em declarações ao site oficial do clube.

O presidente do Sporting volta a lamentar o comportamento de alguns adeptos e garante total cooperação do clube. "Em relação ao que se passou no Estádio da Luz, condenamos o sucedido e a nossa perspetiva é, como sempre, colaborar com as forças de segurança para que tais situações não se repitam", afirmou, após uma reunião com a direção nacional da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP).

Godinho Lopes assegura que o estádio José Alvalade "tem todas as condições infraestruturais para receber qualquer equipa".

 

Notícias: Sporting