Passivo do Sporting e as responsabilidades

Recuemos a 1994, precisamente a 15 anos atrás! Sai Sousa Cintra do Sporting, entra Pedro Santana Lopes a abrir caminho para o famigerado projecto Roquette! Santana Lopes que é conhecido pelos compadrios que impõe para todas as cadeiras onde se senta! No Sporting contratou um tal de Álvaro de Castro (advogado este expulso pela Ordem dos Advogados!) que pode ser tudo menos do SPORTING. Para meu espanto, passados 10 anos vai para a Câmara de Lisboa e para meu espanto leio no jornal, Álvaro de Castro, presidente da PROTECÇÃO CIVIL de LISBOA. Só rir... Um advogado, lol!Recuando novamente, quando o REI DAS ÁGUAS saiu do Sporting o passivo era muito pouco, devo dizer que nessa altura eram, e repito, as receitas pagas por antecipação (PUB e TV)! Não sei precisar o número, mas era realmente qualquer coisa como 15 a 17 milhões de euros, 3 milhões de contos na altura! Em 15 anos venderam o património todo, construíram um Estádio e um Centro de Estágio onde gastaram 60 milhões de euros... ONDE ANDA A GAITA?!Acabaram com as modalidades porque davam prejuízo a dizer que as que iam ficar era para serem campeãs e nunca ganhamos nada! Enfim... Nem um pavilhão temos! Que vergonha! Os sócios deixaram de ter regalias, pagam e não bufam! Isto é uma democracia? Parece-me uma MONARQUIA! É este o estado do "meu" Sporting por muito que me custe afirmar.Bem, voltando aos 300 milhões, no meu bolso não estão, já que sou sócio há 35 anos com quotas pagas e nunca ocupei nenhum cargo de direcção, mas calculo onde eles estejam! Nos bolsos do Sr. Roquette, do Sr. Santana Lopes, do Sr. Bettencourt, do Sr. Dias da Cunha, do Sr. Meireles e do Sr. Ribeiro Telles.Pithyum

Notícias: Sporting