Sousa Cintra, Costinha e um papelinho...

Polémica entre Costinha e Sousa Cintra. O director desportivo do Sporting troca palavras com o ex-presidente do clube e ameaça tornar público "um papel" sobre os tempos do antigo dirigente.

Foi Sousa Cintra quem começou a "guerra", notando em entrevista à Rádio Renascença que Costinha "tem grandes responsabilidades no actual momento da equipa" de Alvalade.

Em resposta o ex-futebolista aconselhou o antigo presidente do clube a meter-se "na sua vida", revelando à partida para Sófia, onde o Sporting defrontará o Levski no encerramento da fase de Grupos da Liga Europa, que em breve divulgará "um papel sobre os tempos de Sousa Cintra".

"Mas que papel é esse", pergunta na reacção Sousa Cintra. "Ele que o mostre rapidamente para não deixar as pessoas na dúvida", atira, frisando que "o papel" que prestou foi "de orgulho e grande satisfação por servir o Sporting".

Em declarações à Renascença, Sousa Cintra lamenta ainda que não percebe por que é que Costinha ficou "tão ofendido". "Um director do futebol tem que ser responsável", assevera, considerando que o ex-jogador "é um funcionário do Sporting, faz o melhor que sabe e tem que apresentar resultados".

Declarações que surgem depois da eliminação do Sporting da Taça de Portugal em Setúbal (2-1) e que ilustram a crise que se vive para os lados de Alvalade.

Foto: sporting.pt

Notícias: Sporting