Sporting ameaça jogar na Taça da Liga com juniores e juvenis

Clube volta a alegar que deve continuar na prova, face à "violação grave" do FC Porto.

O Sporting voltou a abordar a polémica à volta do afastamento da Taça da Liga, desta vez em comunicado, no qual começa por recordar o contexto e por descrever a situação - o jogo entre Penafiel e Sporting teve início à hora marcada (20h45) mas o FC Porto-Marítimo começou "cerca de 3 minutos após a hora marcada".

O clube de Alvalade acredita que, no Estádio do Dragão, a equipa de arbitragem chamou os portistas e o emblema nortenho atrasou-se propositadamente, violando "de uma forma grave as obrigações regulamentares a que está obrigado". Por isso o Sporting alega que "deverá ser reconhecido como a equipa vencedora do Grupo B" e assim defrontar o Benfica nas meias-finais.

Caso tal não aconteça, fica o aviso: "a partir da próxima época e não sendo possível a não participação na prova, serão incluídos na ficha de jogo somente os jogadores afectos à equipa principal exigíveis regulamentarmente, sendo os restantes oriundos dos seus escalões de juniores e juvenis".

Comunicado Sporting:

Notícias: Sporting