Sporting: Carência na execução de bolas paradas

Estudando o actual futebol do Sporting, encontramos uma lacuna, que no meu ponto de vista tem sido uma das razões para a diferença pontual entre o Sporting e os seus rivais.Falo-vos dos lances de bolas paradas. Este tipo de lances são, muitas das vezes, opções bastante válidas para contornar equipas que estejam a jogar com defesas muito seguras e assim resolver partidas que estão com grandes dificuldades em vencer.Como temos visto, tanto internamente (caso do Benfica em Coimbra foi um belo exemplo) ou a nível internacional (golos nos últimos minutos do Manchester Utd e Roma na Liga dos Campeões), cada vez existem mais equipas que usam este processo para conseguir vitórias.E se no ano passado tínhamos um Tello, que por muito mal amado, era sem dúvida muito importante para a equipa na execução de livres directos (comprovado agora pelo golo que marcou pelo Besiktas), actualmente tarda a aparecer na equipa quem tenha esse importante papel no plantel da presente época. Até nos casos do penalties, não existe um marcador eficaz.Ao invés, o Sporting tende a sofrer muitos golos de bola parada, nomeadamente de cantos e livres nas laterais com centros para dentro da área.Desta forma, gostaria de saber a vossa opinião sobre esse facto, comparando também, de uma certa forma, com o facto de os outros conseguirem usar esta tão importante arma no futebol moderno, enquanto o Sporting tem sido praticamente uma nulidade neste tipo de processos...Lucifer74

Notícias: Sporting