Sporting 3-0 Belenenses: leões gostam de ser líderes

Vitória tranquila da equipa da casa, que segura o primeiro lugar.

O Sporting segurou neste sábado a liderança do campeonato ao vencer em casa o Belenenses por 3-0. Um triunfo tranquilo, como os números atestam, e que mostrou que os leões não sentiram a pressão de comandarem isolados o campeonato.

Ainda assim, e apesar de a justiça da vitória ser inquestionável, a verdade é que o primeiro golo resultou de um erro grosseiro do árbitro Hugo Pacheco. Cédric, lançado pela esquerda, correu para a grande área contrária, sofreu um encosto de Filipe Ferreira e caiu ainda antes de entrar na zona da grande penalidade. A haver falta – discutível – foi claramente fora da grande área. O árbitro não viu o lance assim e assinalou penálti, que Adrien converteu aos 28 minutos.

Se o Sporting tinha entrado tranquilo, mais ficou depois do golo. Sem grandes rasgos mas muito bem organizado, controlou as operações como quis. O Belenenses, equipa lenta e sem ideias, nunca mostrou capacidades para pôr em sentido Rui Patrício e, assim, o jogo ficou resolvido cedo. Restava esperar pelo avolumar do resultado, que só aconteceu na segunda parte.

O segundo golo, por André Martins, aos 53 minutos, valeu sobretudo pela soberba receção de bola de Carrillo, sem dúvida o melhor momento do jogo. O peruano assistiu o português para um golo de belo efeito. O 3-0 aconteceu já aos 85 minutos, com Wilson Eduardo a fazer o que quis pelo lado direito e a rematar sem hipóteses para Matt Jones.

O Sporting respira saúde e coloca cada vez mais pressão em cima de Benfica e FC Porto. Não é candidato ao título, ainda é cedo para se saber se aguenta sem vacilar o campeonato inteiro, mas os adeptos têm todas as razões para estarem otimistas.

Equipas:

Sporting - Rui Patrício; Cédric, Rojo, Maurício e Jefferson; William Carvalho, Adrien e André Martins (Vítor, 87’); Carrillo, Montero (Slimani, 80’) e Capel (Wilson Eduardo, 73’).
Suplentes: Marcelo Boeck, Eric Dier, Vítor, Wilson Eduardo, Rinaudo, Slimani e Carlos Mané.

Belenenses: Matt Jones; Duarte Machado, João Meira, João Afonso e Filipe Ferreira; Diakité (Fernando Ferreira, 56’), Danielsson, Tiago Silva (Tiago Caeiro, 71’) e João Pedro; Diawara (Sturgeon, 46’) e Fredy.
Suplentes: Rafael Veloso, Paulo Jorge, Eggert Jonsson, Fernando Ferreira, Arsénio, Fábio Sturgeon e Tiago Caeiro.

Notícias: Sporting