A Taça também já era para o Sporting

Desportivo de Chaves ganhou por 1-0. Polícia rodeia autocarro do Sporting.

Depois da Liga dos Campeões e da Taça da Liga, o Sporting também ficou fora da Taça de Portugal. E os protestos repetiram-se. Após a derrota em Chaves por 1-0, nesta terça-feira, os adeptos, furiosos, rodearam o autocarro da equipa de Alvalade e a polícia esteve por perto, nos arredores do estádio.

Fábio Martins, talvez embalado pelo golo tardio no duelo entre as duas equipas no sábado passado, ameaçou Beto duas vezes no primeiro quarto de hora. Consequência de um Desp. Chaves superior na primeira fase do encontro. A partir da meia hora o conjunto lisboeta foi subindo, criou perigo por Gelson e por Coates, mas mostrou pouco no ataque. E teve de ver duas caras novas na equipa - Jefferson e André lesionaram-se e foram substituídos.

Em grande parte do segundo tempo só se viu o Sporting a atacar. Praticamente até aos 70 minutos Beto nem foi incomodado. Bas Dost foi o homem mais perigoso no outro lado. Mas, apesar de parecer ter adormecido, os transmontanos apareceram nos últimos minutos. E em força: Freire quis marcar, Braga também e Ponck marcou mesmo, a três minutos do fim.

Já não houve tempo, nem discernimento, para o Sporting evitar nova desilusão nesta época.

Notícias: Sporting