Um mal menor ou o melhor dos males?

Segundo algumas facções sportinguistas, e apesar das evidentes lacunas do plantel actual, muitos gostariam de ter ido à Liga dos Campeões, na clara tentativa de reequilibrar as débeis finanças do clube, colocando o prestígio em segundo plano. No entanto, e ao abrigo daquilo que rege os palcos europeus do futebol, o prestígio é encarado como "dinheiro" etéreo, quer seja ao nível da montra de jogadores que se abre, bem como prováveis encaixes financeiros derivados das vitórias conseguidas.E não será esta competição um primeiro passo para que o nosso país almeje recuperar algum do recente prestígio perdido em termos de competições europeias? Para todos os efeitos, e de forma que me parece perniciosa, o ranking de pontos de acesso às competições europeias é o mesmo para a Liga dos Campeões como para esta nova competição.Saudações a todos...
GVF

Notícias: Sporting