Veiga deixa aviso ao Sporting


Veiga deixa aviso ao Sporting
José Veiga deixa um aviso aos responsáveis do Sporting para que digam toda a verdade ou então ameaça abrir ele a boca. Em declarações ao Jornal da Tarde da RTP1 o ex-director geral do Benfica considera que os dirigentes de Alvalade «mentiram e não disseram toda a verdade» à Polícia Judiciária sobre o processo de contratação de João Pinto em 2000. O caso está a ser investigado e Veiga já é arguido por burla qualificada, mas o antigo empresário de futebolistas afirma-se inocente e atira responsabilidades para os leões. Veiga insta ainda os líderes do Sporting a esclarecerem o caso alertando que se não contarem toda «a verdade» terá que ser ele a «dizer certas coisas»...


O ex-homem forte do futebol do Benfica salienta que vai «dar mais um tempo ao Sporting» para que os responsáveis do emblema revelem às autoridades «a verdade». E se estes não o fizerem «terei que ser eu obrigado a dizer certas e determinadas coisas que se passaram», relata Veiga na RTP1.
No epicentro deste caso está o "desaparecimento" de uma verba da ordem dos 3 milhões de euros, com as investigações a apontarem Veiga como suspeito do desvio. Mas o empresário sacode a "água do capote" para os líderes leoninos e em Alvalade ninguém sabe do dinheiro...

Notícias: Sporting