Sporting-Porto «cedo demais» na Taça de Portugal


Sporting-Porto «cedo demais» na Taça de Portugal
A Taça de Portugal assegura mais um clássico Sporting-FC Porto no próximo dia 9 de Novembro, aquando da quarta eliminatória da prova. É uma
«final antecipada», conforme diz Vítor Baía, um jogo que acontece «cedo demais», nas palavras do administrador leonino Rogério Brito. Será o quarto encontro entre os dois emblemas em cerca de seis meses com Paulo Bento a levar, até ao momento, vantagem sobre Jesualdo Ferreira com duas vitórias e uma derrota...




Sporting e FC Porto encontraram-se por três vezes nos últimos meses. Na Final da Taça de Portugal 2007/2008, disputada em Maio passado, o Sporting ganhou por 2-0 com um bis de Rodrigo Tiuí. Em Agosto, na final da Supertaça Cândido de Oliveira, os pupilos de Paulo Bento voltaram a ganhar por 2-0 com Yannick Djaló a bisar desta feita.


O último embate entre os dois clubes foi a 5 de Outubro, na quinta jornada da Liga, com o FC Porto a vencer em Alvalade por 2-1, logo a seguir à pesada goleada sofrida pelos dragões em Londres (4-0) frente ao Arsenal. Bruno Alves foi o homem do jogo.

Vítor Baía, em nome do FC Porto, assume que o seu clube preferia «um adversário diferente» nesta fase da Taça de Portugal. «Era um bom jogo para a final», repara o ex-guarda-redes, prevendo que vai ser «um grande momento de Taça» e esperando que a partida «corra bem melhor do que a última final e tão bem quanto o último jogo do campeonato».

O administrador da SAD do Sporting, Rogério Brito, lamenta que «é uma possibilidade de final que se perde», frisando que o embate entre os dois grandes vem «cedo demais, até para o interesse da própria prova». Notando a expectativa de que o resultado seja «favorável» aos leões, o dirigente de Alvalade fala também na «oportunidade de se assistir a uma boa jornada de futebol».

Mais sorte no sorteio teve o Benfica, que vai defrontar o Desportivo das Aves, mas o director de comunicação das Águias, João Gabriel, alerta que «está provado que já não há jogos fáceis». Uma alusão às dificuldades que os encarnados tiveram para afastar o Penafiel, da II Divisão, na ronda anterior da competição.




Fotos: Lusa



Notícias: Taça de Portugal