Lead: 

Foi o dia mais glorioso de Sérgio Conceição e um dos mais brilhantes da seleção nacional. E contra H

O sortilégio do sorteio colocou Portugal no grupo B do Euro 2012, já chamado de grupo da morte, com Alemanha, Holanda e Dinamarca. A verdade é que, historicamente, a situação da seleção nacional não é tão má como os nomes dos adversários podem fazer crer.

A Seleção apresenta um balanço positivo frente a Holanda e Dinamarca, somando e negativo face à Alemanha, mas no total, frente aos três adversários na fase de grupos do Euro'12, soma mais vitórias do que derrotas.

E mesmo frente à Alemanha... quem não se lembra do 3-0 com que os suplentes de Portugal despacharam a equipa principal germânica no Euro 2000? Quem não se recorda, ou ainda não era nascido, pode ver ou recordar os três golos de Sérgio Conceição no vídeo que ilustra este artigo.

 

Vamos a contas

Em 39 jogos com os três oponentes no Grupo B, sediado nas cidades ucranianas de Kharkiv e Lviv, Portugal ostenta 17 vitórias, 10 empates e 12 derrotas, com 55 golos marcados e 45 sofridos.

Face à “toda poderosa” Alemanha, a equipa das “quinas” só venceu três de 16 “duelos”, mas nunca perdeu em fases de grupos das fases finais: 0-0 no Europeu de 1984 e “escandalosos” 3-0 no Euro2000, o tal hat-trick de Sérgio Conceição.

Os germânicos são, porém, responsáveis pela eliminação de Portugal do último Europeu (2-3 nos quartos de final, em 2008) e também bateram o conjunto luso (1-3) no apuramento do terceiro lugar do Mundial2006, disputado na Alemanha.

As últimas recordações da Dinamarca também não são as melhores, já que o conjunto nórdico obrigou Portugal a disputar o “play-off” de acesso ao Euro2012, ao ganhar (2-1) ao “onze” de Paulo Bento no fecho da fase de grupos.

No total, o balanço é, no entanto, claramente favorável às cores lusas, com oito vitórias, dois empates e três derrotas, com 27-16 em golos.

Em fases finais, as duas seleções encontraram-se apenas uma vez, no jogo de estreia no Euro96, tendo o embate acabado com uma igualdade (1-1).

Bem mais favoráveis ainda, são os números dos confrontos com a Holanda: seis triunfos, três empates e um escasso desaire (12-5) mostram bem a supremacia lusa.

As recordações dos jogos com o conjunto “laranja” incluem dois triunfos em fases finais: 2-1 nas meias-finais do Euro2004, em Alvalade, e 1-0 nos oitavos de final do Mundial de 2006, numa intensa “batalha”, em Nuremberga.

Sérgio Conceição, seleção