Sporting eliminado da Taça Portugal em Setúbal

O Vitória de Setúbal, mercê de uma primeira parte bem conseguida, qualificou-se para os quartos de final da Taça de Portugal em futebol, ao receber e vencer o Sporting por 2-1.

Os sadinos adiantaram-se no marcador aos 29 minutos, através de Ney Santos, tendo Zeca, volvidos cinco minutos, ampliado a contagem e estabelecido o resultado com que se atingiu o intervalo.

Após uma primeira parte fraca, o Sporting entrou determinado a dar a volta ao marcador na etapa complementar, mas apenas conseguiu reduzir aos 76 minutos, com um tento de Liedson.

Apesar da fraca exibição na primeira parte, o Sporting entrou com uma postura mais ofensiva e até poderia ter-se adiantado no marcador por Hélder Postiga, que, aos 18 minutos, rematou ao lado, quando já só tinha pela frente o guarda-redes Diego.

A partir daqui, o Vitória de Setúbal subiu mais no terreno, tendo o primeiro golo sadino surgido aos 29 minutos, por intermédio de Ney, que apareceu bem na pequena área a corresponder de cabeça a um bom cruzamento da direita de Cláudio Pitbull, perante a passividade dos centrais "leoninos".

O Sporting ainda não se tinha refeito da desvantagem de um golo e já o Vitória de Setúbal chegava ao 2-0 por Zeca, na sequência de uma jogada de Neca e Miguelito, com este a fazer um remate cruzado e Zeca a desviar do guarda-redes Rui Patrício, que, uma vez mais, não teve a ajuda que se impunha de Carriço e Polga.

A perder por 2-0 ao intervalo, o Sporting entrou na segunda parte a tentar inverter o rumo dos acontecimentos, com Polga a rematar à barra da baliza de Diego aos 52 minutos, mas o Vitória de Setúbal nunca perdeu o controlo do jogo.

O Sporting atacava mais, mas não conseguia criar oportunidades de golo e os sadinos geriam a partida da forma que mais lhe convinha.

Só aos 76 minutos, já com Vukcevic e Saleiro em campo, é que o Sporting conseguiu reduzir a desvantagem para 2-1, com um golo de belo efeito de Liedson, que fez a bola entrar ao canto superior esquerdo da baliza de Diego.

Depois do golo, o Sporting forçou ainda mais o ataque e criou várias oportunidades, mas o resultado manteve-se até final da partida e ditou o afastamento dos "leões" da Taça de Portugal.

 

Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

Vitória de Setúbal – Sporting, 2-1.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Ney, 29 minutos.

2-0, Zeca, 34.

2-1, Liedson, 76.

Equipas:

- Vitória de Setúbal: Diego, Collin, Ricardo Silva, Valdomiro, Miguelito, Silva, Ney (Zé Pedro, 64), Hugo Leal (Zeca, 23), Neca (François, 89), Jaílson e Cláudio Pitbull.

(Suplentes: Getúlio Vargas, Anderson, Zé Pedro, François, Zeca, Sassá e Henrique).

- Sporting: Rui Patrício, João Pereira, Carriço, Polga, Evaldo (Vukcevic, 61), André Santos, Pedro Mendes, Maniche, Valdés (Saleiro, 74), Postiga e Liedson.

(Suplentes: Hildebrand, Torsiglieri, Saleiro, Yannick Djaló, Zapater, Vukcevic e Abel).

Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ney (55), Miguelito (61), Carriço (69), Silva (79), Diego (86) e Vukcevic (91).

Assistência: cerca de 8000 espetadores.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Foto: Lusa

Notícias: Vsetubal